26 de dezembro de 2010

Bob Ft. Hayley - Airplanes

7 de dezembro de 2010

O Deus que cuida!!


Essa semana eu parei para pensar no Deus que cuida, engraçado que na correria do dia-a-dia não paramos para ver como em todos os momentos de nossa vida Deus está cuidando de nós e com isso se mostra presente. Se até nessas pequenas coisas Deus se importa conosco, porque nas grandes Ele não se importaria? Mas precisamos aprender a agradecê-lo pelas pequenas.
Este ultimo mês reparei que minhas orações silenciosas foram atendidas, os meus pedidos aflitos foram ouvidos. Deus se importa conosco e nem notamos, penso que Deus deve ficar sempre nos sondando procurando uma forma de se mostrar a nós da melhor forma possível, de nos fazer entender que Ele realmente se importa e que realmente é o Emanuel.
Ele se mostra quando é nossa força em meio à franqueza, quando é nosso refugio em meio à dor, quando é nosso salvador em meio à sociedade de hoje, quando é nosso Emanuel, nada do que façamos muda quem Ele é, nem seu cuidado e nem seu amor por nós por isso nos sentimos tão constrangidos diante desse Deus.
Gosto de pensar que Deus é tão bom para mim que não posso imaginar o que Ele guarda para mim e isso é assustador, mas porque um Deus que cuida de mim nas pequenas coisas não me daria o fim que eu desejo nas grandes coisas? (Nem olhos virão, nem ouvidos ouvirão, nem chegou ao coração do homem é o que tenho preparado para vós)
Onde existir um coração quebrantado e contrito, ali Deus também estará. Onde existir amor e corações vazios, ali Deus também estará. Onde existir arrependimento, angustia alegria, paz, compaixão, generosidade, onde existir pensamentos de paz e não de mal ali Deus estará. Onde existir alguém que necessita de ajuda, de uma palavra, de um amigo, ali Deus estará, de várias formas e de varias maneiras Ele sempre dirá: “Eu estou bem aqui! Nunca te deixei e nunca te deixarei”
Diante de tal maravilha, como podemos dizer que Deus nos abandonou? (Pode uma mãe vir a esquecer de seu filho, mas o Pai, que estás no céu, jamais se esquecerá) Como podemos diante de Deus sermos ingratos? Deus pode ainda não ter me dado tudo que desejo, mas até o momento Ele não deixou nada me faltar isso já é motivo suficiente para sermos gratos com o Deus que cuida e tenho certeza que se em meu coração o meu anseio for também o Dele, Ele vai “mexer uns pauzinhos” para mim.
É por causa desse cuidado Dele por nós que podemos colocar nossa esperança Nele, hoje quantas vezes você parou para pensar no que Deus te fez tentando te aproximar Dele? Esse mês Deus fez muito para que eu pudesse vê-lo e finalmente a “ficha” caiu e finalmente senti uma bondade além de minha compreensão, que me preencheu.
Neste Natal, lembre-se da pessoa mais importante do mundo, que cuidou de você o Ano todo, que permitiu que você passa-se por dificuldades, mas isso apenas para que você amadurecesse. Não deixe de pensar no Deus que esse Ano não deixou te faltar nada, não deixou morrer seu amor, pode ter sido um ano difícil para você, mas se você parar para pensar, no meio disso tudo, Deus sempre esteve bem ali do seu lado esse tempo todo e ainda estará no próximo Ano.

30 de novembro de 2010

Katy Perry - Firework

27 de novembro de 2010

25 de novembro de 2010

Hanging On By a Thread - The Letter Black

Me sinto assim hoje:



Meu passado me seguiu
Eu simplesmente não consigo escapar
Eu não sou a mesma que eu era
Deixando meu desalinho

(Salve-me apenas como eu sou)
Eu fui discriminada
(Puxe-me para seus braços)
Eu estou quebrada
A cada palavra

Salve-me de me perder
Eu estou pendurado por um fio
Você pode ver que eu sou
Debaixo de minhas cicatrizes?
Acho que você vai cair
Então, eu estou me segurando em você
Não, eu não vou desistir
Eu estou pendurado por um fio

Eu ainda mal posso acreditar
A pessoa que eu era uma vez
É tão difícil mudar
Ajude-me a trabalhar com as minhas prisões

(Salva-me como eu sou)
Eu estou chamando
(Puxe-me para seus braços)
Eu estou me segurando
Para cada respiração

Salve-me de me perder
Eu estou pendurado por um fio
Você pode ver que eu sou
Debaixo de minhas cicatrizes?
Acho que você vai cair
Então, eu estou me segurando em você
Não, eu não vou desistir
Eu estou pendurado por um fio

Eu nunca mais vai precisar
Eu nunca vou querer
Com você comigo
Eu estou tão completo
Eu nunca vou correr
Eu nunca vou esconder
Com você aqui
Estou seguro no interior

Salve-me de me perder...

Acho que você vai cair
Então, eu estou me segurando em você
Não, eu não vou desistir

Salve-me de me perder
Eu estou pendurado por um fio
Você pode ver que eu sou
Debaixo de minhas cicatrizes?
Acho que você vai cair
Então, eu estou me segurando em você
Não, eu não vou desistir
Eu estou pendurado por um fio

13 de novembro de 2010

3 de novembro de 2010

Futuro!!!

Quando olho para o futuro pensando em meu presente passo a acreditar que só um milagre pode nos salvar.
Posso ver o sol a ofuscar meus olhos e posso ver a chuva a molhar a terra seca.
Como posso olhar para o meu futuro se me apego tanto ao meu passado?
O mundo é realmente obscuro quando se para para olhar.
Quando olho para trás não vejo mais nada além de marcas.
Quando olho para frente não enchergo nada.
E quando vivo o agora só há sonhos e falsas esperanças.
Depois de um tempo comecei a perceber que se você não tem esperança você não tem nada.
A esperança é a marcha que faz você ter vontade de acelerar, abrir a janela e apenas curtir a paisagem, o vento no seu rosto e o sol.
A esperança é a peça que falta em nossa mente e coração.
Esperança no que se a humanidade se destroi a cada dia?
Que tal a esperança em um Deus que nos ama acima de tudo, que olha para nós e chora conosco, e sorri conosco, e cuida de nós.
Que tal por a esperança em um Deus que nos inspira em cada sentimento de nossa alma, que diz que nos compreende.
Que tal por a esperança num Deus que não vejo, mas o conheço, mas o ouço, mas o sinto.
Um Deus que não vai falhar com você, que nao vai desistir de você na primeira vez que você cair, que não vai se irritar se você pegar o caminho errado, mas um Deus que irá te guiar, corrigir e te encontrar quando você se perder.
E sinto meu coração está sendo vasculhado por Ele, que está vendo cada cantinho obscuro de minha alma e me resgatando de mim mesma.
Que tal por a esperança em um Deus que te acorda todas as manhas dizendo que te ama?
Meu futuro não está perdido afinal.

Com Ele nao sobrevivemos, mas vivemos o melhor desta vida. Sem Ele tudo nessa vida é só uma ilusão e nos tornamos esquizofrenicos* na alma e no coração.

*Esquizofrenia: É um transtorno psíquico severo que se caracteriza classicamente pelos seguintes sintomas: alterações do pensamento, alucinações (visuais, cinestésicas, e sobretudo auditivas), delírios e alterações no contato com a realidade.

Getting You - Reliente K

Getting You - Reliente K

Quando me decidi
E meu coração concordou
Não viver por mim
Mas sim por Deus
Alguém disse:
Você sabe no que está se metendo?

Quando eu finalmente resolvi
todas as minhas prioridades
e pedi a Deus para remover a dúvida
que me deixam tão inseguro dessas
coisas que eu me pergunto
eu me pergunto
Você sabe no que está se metendo?

Refrão:
Estou me envolvendo com você
Porque você chegou até mim
de um jeito que palavras não podem descrever
Estou me envolvendo com você
Porque tenho que ser
Você é essencial para sobreviver
Vou amá-Lo com a minha vida

Quando ele olhou para mim e disse:
"Eu meio que te vejo como um filho"
E por um segunto nossos olhos se encontraram
E fiquei com uma duvida:
"Você sabe no que está se metendo?"

Refrão

Tenho sido um mentiroso e nunca vou virar
o tipo de pessoa que merece adorá-Lo
você diz que não pensará no que eu fiz,
Mas sim no que eu faço, você diz
"Eu te amo e é nisso que você está se metendo"

Estou me envolvendo com você (envolvendo com você)
Porque você chegou até mim (Porque você chegou até mim)
de um jeito que palavras não podem descrever
Estou me envolvendo com você (envolvendo com você)
Porque tenho que ser (Porque tenho que ser)
Você é essencial para sobreviver
Vou amá-Lo com a minha vida

Você disse: "Eu te amo e é nisso que você está se metendo"

http://www.vagalume.com.br/relient-k/getting-into-you-traducao.html#ixzz14Gal3uso

17 de outubro de 2010

Quanto Vale?


Quanto vale?

Essa semana tenho me feito essa pergunta, não sei quantas pessoas passam por aqui por dia, nem sei se meu blog realmente é visto ou visitado, acho que para alguns nao passo de uma doida, mas hoje queria te fazer a seguinte pergunta: Quanto vale seu sonho? Quanto vale sua liberdade? felicidade? Quanto vale viver sua vida?
Eu tenho tudo, mas ao mesmo tempo nao tenho nada, eu tenho um emprego, um noivo mais que especial para mim, uma familia, faço faculdade, vou a igreja, mas ao mesmo tempo que penso ter tudo vejo que no fundo nao tenho nada do que eu realmente queria fazer. Olho para tras e vejo as promessas de final de ano, nenhuma parece que se cumpriu, vou lhe dizer algumas, esse ano queria ter aprendido a tocar violão, queria ter dado entrada no nosso ap, queria ter um carro, queria ir a uma igreja aonde me aceitassem da forma que sou e estou e gostassem de minhas novas sugestoes, estamos em outubro e me sinto frustrada.
Quanto vale você se sentir bem consigo mesmo? Esse ano queria ter engordado pelo menos 5kg, queria poder me olhar no espelho e nao ver o reflexo que vejo hoje. Queria ter tempo para praticar um esporte, ter dinheiro para fazer uma viagem, ou ter um jantar com meu noivo. Queria ir a um parque de diversão. Abrir os braços na praia e só curtir a brisa e a musica do meu mp3. Às vezes penso que perco tanto tempo planejando que não curto a vida como deveria, que nao aproveito os momentos bons que me restam, ou o tempo livre.
Você deve estar pensando que eu sonho com um conto de fadas, mas pare para pensar, essas coisas nao poderiam se tornar realidade?. Planejo tanto as coisas a longo prazo que percebi que esqueço das coisas a curto prazo.
Quanto vale o seu sonho? Quanto vale ser feliz? Quanto vale curtir os momentos bons da vida? Quanto vale viver está vida?

...
Se alguém souber quanto tudo isso custa me avise.
Porque na verdade a felicidade nao tem preço queria que o mundo capitalista entendesse isso
....

13 de outubro de 2010

It's Not too late - Demi Lovato

Aqui estou eu
Parece que as paredes estão se fechando
Mais uma vez
É hora de enfrentá-lo e ser forte

Eu quero fazer a coisa certa agora
Eu sei que depende de mim de alguma forma
Eu perdi meu caminho

Se eu pudesse ter tudo de volta, eu teria agora
Eu nunca quis deixar vocês todos para baixo
E agora eu tenho que tentar
Para reverter essa situação
E descobrir como corrigir isso
Eu sei que há um caminho, então eu prometo
Eu vou limpar a bagunça que fiz
Talvez não seja tarde demais
Talvez não seja tarde demais, oh

Então, eu vou tomar uma posição
Mesmo que seja complicado
Se eu puder, eu quero mudar a maneira como eu fiz isso

Eu quero fazer a coisa certa agora
Eu sei depende de mim de alguma forma
Eu vou encontrar o meu caminho

Se eu pudesse ter tudo de volta, eu teria agora
Eu nunca quis deixar vocês todos para baixo
E agora eu tenho que tentar
Para reverter essa situação
E descobrir como corrigir isso
Eu sei que há um caminho, então eu prometo
Eu vou limpar a bagunça que fiz
Talvez não seja tarde demais

Eu vou encontrar a força para ser
Aquela que mantém tudo isso junto
Mostre-lhe que sinto muito
Mas eu sei que podemos fazer melhor

Se eu pudesse ter tudo de volta, eu teria agora
Eu nunca quis deixar vocês todos para baixo
E agora eu tenho que tentar
Para reverter essa situação
E descobrir como corrigir isso
Eu sei que há um caminho, então eu prometo
Eu vou limpar a bagunça que fiz
(Bagunça que eu fiz)
Talvez não seja tarde demais

Eu nunca quis deixar vocês todos para baixo
E agora eu tenho que tentar
Para reverter essa situação
E descobrir como corrigir isso
Eu sei que há um caminho, então eu prometo
(Prometo)
Eu vou limpar a bagunça que fiz
Talvez não seja tarde demais
Talvez não seja tarde demais

Can't Back Down - Camp Rock 2

Nós não podemos, não podemos desistir
Nós não podemos, não podemos desistir
Nós não podemos, não podemos desistir
Nós não podemos, não podemos desistir
Não agora, não podemos desistir
Não agora, não podemos desistir
Nós não podemos desistir

Não feche seus olhos
Estamos todos juntos nisso
Onde quer que formos
Nós não vamos ficar indecisos
Ou perder

Nós não podemos desistir
Ainda há muito em jogo
Isso é sério
Não vá embora
Não podemos fingir
Que não está acontecendo
Em nosso próprio quintal
Em nossa própria casa
(De jeito nenhum)
Nós não podemos ir embora
Até você ouvir seu nome
Eu não estou confuso
Vamos ganhar isso
Nós não podemos desistir
Ainda há muito em jogo
Não vá embora
Não vá embora, yeah
(Nós não podemos voltar)

Não me interpretem mal
Eu não gosto de confrontos
Eu prefiro que nós
Todos fiquemos juntos
A música deve ser indivisível
Unida

Nós não podemos desistir
Ainda há muito em jogo
Isso é sério
Não vá embora
Não podemos fingir
Que não está acontecendo
Em nosso próprio quintal
Em nossa própria casa
(De jeito nenhum)
Nós não podemos ir embora
Até você ouvir seu nome
Eu não estou confuso
Vamos ganhar isso
Nós não podemos desistir
Ainda há muito em jogo
Não vá embora, não vá embora
Não vá embora, yeah

Nós temos uma situação que não podemos ignorar
Porque a ignorância não é felicidade
Nós não temos de fazer isso, não
Com toda grande decisão vem a incapacidade
É uma importante parte do risco, temos que tentar

Nós não podemos desistir
Ainda há muito em jogo
Isso é sério
Não vá embora
Não podemos fingir
Que não está acontecendo
Em nosso próprio quintal
Em nossa própria casa
Nós não podemos ir embora
Até você ouvir seu nome
Eu não estou confuso
Vamos ganhar isso
Nós não podemos desistir
Ainda há muito em jogo
Não vá embora, não vá embora

Não podemos desistir, não podemos desistir
Não agora, não podemos desistir

4 de outubro de 2010

Quando ela chora

Você senta no banco da igreja está noite
Ninguém parece te notar
Um suspiro define sua angustia
Essa é sua ultima tentativa de continuar vivo.

Você olha ao seu redor
As pessoas sorriem e conversam e ninguém te nota sentado ali sozinha.
Por um breve momento você pensa se alguém se importa.
Você não poderia se sentir mais sozinho

Ao olhar para o celular você lembra da festa que perdeu por preferir estar ali.
Você se segura mais uma vez para não chorar
Mas dessa vez as lagrimas escorrem
Você o individualismo em cada olhar.

Preocupados demais com seus mundinhos
Uns de luxo, outros de luta.

Então alguem te olha, mas parece ter medo de sorrir para você
Não tem coragem de perguntar como você se sente está noite.
No fundo você quer acreditar que está ali porque Deus se importa com você

Tudo lhe tira a atenção e você só pensa na hora de voltar para casa.
Mais uma vez você abaixa a cabeça e diz a si mesmo:
"Sem Você eu não posso aguentar"
A vida é dura de mais e a paciencia se esgota.

Você não faz nada do que gostaria de fazer da vida.
Há um grande vazio.
Mais uma vez você olha em volta
E só vê pessoas usando mascaras sorridentes
E mais uma vez você se pergunta porque está ali.

E a resposta parece muito facil
Ali não deveria ser o lugar que você pode ser autentico?
Mas uma vez você sai de lá pensando que foi uma perca de tempo.

"Se você já se sentiu assim sabe do que falo, ou ainda se sente assim, sentamos no banco da igreja e fingimos estar bem, me pergunto o porque as pessoas nesse lugar estão tão preocupadas consigo? Parece que você se sente mais sozinho do que se realmente estivesse, os olhares de julgamento e desprezo parecem um tiro na sua testa, você se pergunta quando alguém realmente vai parar para te ouvir, que cristianismo é esse que vivemos aonde cada um só pensa em seu mundinho e ao ver alguem abatido se nega a ajudar-lhe, que fica esperando a atitude do outro, as vezes um simples sorriso pode salvar uma vida"

Quando Ela Chora
Britt Nicole

Pequena garota aterrorizada
Ela sairia do quarto se só procurasse saúde
Uma casa não é lugar para se esconder
O coração dela está quebrado pela dor que ela sente

Todos os dias o mesmo
Ela luta para achar o caminho
Ela doí, ela quebra, ela esconde e tenta orar
Ela pensa por que ninguém a ouve quando ela chora?

Hoje ela está fazendo 16
Todo mundo está cantando, mas ela não pode vê-los sorrir
Eles nunca pegam as longas armas do passado
Como eles podem agir como se nada tivesse acontecido?
Ela está puxando para baixo suas longas mangas
Para cobrir todas as memorias que querem sair
Ela fala, "Talvez me fazendo sangrar possa ser a resposta que poderá lavar a "ardósia""

Essa é a escuridão antes da queda
A tempestade antes da Paz
Não tenha medo por que as estações mudam e
Deus está vendo você
Ele te ouve.

Todos os dias o mesmo
Ela luta para achar o caminho
Ela doí, ela quebra, ela esconde e tenta orar
Ela vai ficar bem, por que agora Ele a ouve chorar.

2 de outubro de 2010

Para Salvar uma vida - Filme



O filme conta a história de Jake Taylor, um jovem que tem tudo: fama, uma bolsa de estudos pelo time de basquete, a namorada que era a garota mais desejada do colégio.

Por outro lado, Roger Dawson não tinha nada. Não tinha amigos nem esperança. Roger sempre era humilhado e deixado de lado. O que poderia ser pior.

Jake e Roger eram melhores amigos quando crianças, mas a popularidade de Jake os afastou, uma vez que Roger não era tão despojado quanto Jake.

Roger não mais se adequava ao estilo de vida de Jake ou de qualquer outro grupo de pessoas. Isto foi o fim do mundo para Roger, o que o fez levar uma arma para a escola, escondida em sua mochila. Magoado com seu estilo de vida, ele tomou uma trágica decisão: tirar a sua própria vida.

Jake, desesperado, não consegue impedir Roger e isto o faz sentir-se culpado, abalado em seu "mundo perfeito". Algo então faz com que Jake veja o mundo de outra forma e o faz questionar o seu modo de viver. Jake não parava de se perguntar: "Será que eu poderia ter salvo Roger?".

Buscando uma resposta para esta pergunta, Jake se depara com um outro jovem desamparado e sozinho em seu caminho. Jake então se aproxima deste jovem, mas teme que isto possa lhe custar seus amigos, sua namorada, seus sonhos e sua reputação.

Jake chega a conclusão de que vale a pena pagar este preço para ter a resposta para a pergunta mais importante: "O que eu realmente quero da minha minhda vida?".

Ano de produção: 2009
Lançamento no Brasil: 2010
Duração: 117 minutos
Áudio: Português / Inglês / Espanhol
Legenda: Português / Inglês / Espanhol

12 de setembro de 2010

5 de setembro de 2010

Aniversario

Bom hoje é meu niver.

Muita coisa passei nos ultimos anos, desde que me entendo por gente, mas estou realmente grata a todos aqueles que estiveram do meu lado, e os que ainda continuam, os distantes e os que estão bem aqui na rua do lado rsrs. Obrigada a todos pela amizade, ao pessoal da faculdade que tem me dado o maior o apoio em continuar a prosseguir, ao pessoal do meu trabalho que está sempre do meu lado me incentivando a buscar sempre o meu melhor. Obrigada a minha familia, por que sem eles em nem sequer existiria. E obrigada, principalmente, ao meu noivo, porque sem ele eu jamais teria conquistado tudo que eu conquistei até hoje, minha facul, minha carta de motorista, e a maior lição a nunca desistir por mais que seja as nossas dificuldades. Obrigada amor porque nos momentos que eu to mal você é o primeiro a tentar me levantar e me fazer acordar para a vida. A vc devo muito, obrigada amor pelo companheirismo, amor, carinho e paciencia todos esses anos.

E o mais importante que não vivo sem Ele, Jesus, Obrigada Jesus, porque sem Ti eu não estaria aqui para contar minha história, pela tua graça e pela tua misecordia eu sou salva, e por Teu grande amor por mim mesmo eu sendo um "vermezinho", Obrigada Jesus por me amar, por ter me dado a vida e por mais que eu passe por dificuldades inimaginaveis e que por vezes me esqueço de Ti, sei, no fundo de minha alma, que o Senhor está bem aqui do meu lado.

E a partir de hoje começa uma continuação da minha historia, mas paginas em branco que eu vou escrever. Contar a minha historia.

Obrigada!

25 de agosto de 2010

Who Am I living for?

Por quem é que estou vivendo
Katy Perry

Eu posso sentir uma Fenix dentro de mim
Enquanto ando sozinha num ritmo diferente
Lentamente engolindo o meu medo
Estou pronta para a estrada menos percorrida
Vestindo-se de minha batalha culminante
Este teste é a minha própria cruz para carregar
Mas vou chegar lá

(Pré-refrão)
Nunca é fácil ser escolhido
Nunca é fácil ser chamado
Permanente na linha da frente
Quando as bombas começam a cair
E eu posso ver o céu
Mas eu ainda ouço as chamas
Chamando o meu nome

(Refrão)
Eu posso ver a escrita na parede
Eu não posso ignorar essa guerra
No fim de tudo
Por quem é que estou vivendo

Eu posso sentir esta luz que está dentro de mim
Crescendo rapidamente como um raio
Eu sei que uma faísca vai chocar o mundo
Então eu rezo por um favor como Esther
Preciso de sua força para lidar com a pressão
Sei que haverá sacrifício
Mas esse é o preço

(Pré-refrão)

(Refrão x2)

No final, no final
Por quem é que estou vivendo
No final, no final
Por quem é que estou vivendo

Pesada é a cabeça que usa a coroa
Não deixe que a grandeza te derrubar
Pesada é a cabeça que usa a coroa
Não deixe que a grandeza te derrubar

(Refrão x2)

No final, no final
Por quem é que estou vivendo
No final, no final
Por quem é que estou vivendo

21 de agosto de 2010

Sexo, Deus & Katy Perry

fonte: http://hermesfernandes.blogspot.com/2010/08/sexo-deus-katy-perry.html

Esta semana deparei-me com uma edição da revista Rolling Stone trazendo na capa o mais novo sex symbol americano, a cantora Katy Perry. O que chamou minha atenção foi o título da matéria: Sex, God & Katy Perry. The Hard Road & Hot Times of a Fallen Angel (Sexo, Deus e Katy Perry. A difícil trajetória e os tempos quentes de um anjo caído).
A canção que a projetou no cenário mundial foi “I kissed a girl (and liked it)”, que traduzido é “Beijei uma garota (e gostei)”.

Meus filhos já haviam feito comentários sobre a tal cantora, referindo-se à música em questão. O que nem eu nem eles sabíamos era que Katy Perry é filha de um casal de pastores pentecostais conservadores, que lhe deu uma educação religiosa rígida. Antes de tornar-se famosa, atuou como cantora gospel e era conhecida pelo seu nome verdadeiro, Katy Hudson. Gravou seu primeiro CD em 2001: Faith Won’t Fail (A fé não falhará).

De acordo com uma entrevista cedida por sua mãe Mary Hudson ao jornal inglês Daily Mail, o primeiro sucesso da filha “…promove o homossexualismo. Sua mensagem é vergonhosa e nojenta. Toda vez que escuto minha filha cantando no rádio, baixo a cabeça e oro por ela. Katy é nossa filha e nós a amamos, mas discordamos da maneira como está se comportando”.

Exibindo o nome “Jesus” tatuado no punho, Katy Perry segue sua promissora carreira, enquanto constrange seus pais. Esta semana lançou o vídeo de sua nova música “Teenage Dream” (sonho de adolescente), onde aparece semi-nua na cama de um motel com um namorado.

Apesar de sua postura libidinosa, a cantora tenta demonstrar que ainda se mantem fiel às suas raízes cristãs.
“Falar em línguas é tão normal para mim como ‘Passe o sal’… É um segredo, uma linguagem para a oração direta com Deus… Meu pai costuma falar em línguas, enquanto minha mãe interpreta. Esse é o dom deles…” - Rolling Stone, agosto de 2010.
Esta declaração nos oferece pistas sobre o tipo de espiritualidade vivida em seu lar durante sua infância e adolescência. É comum aqui nos EUA ver crentes pentecostais ou carismáticos falando em línguas durante o cotidiano. Falam enquanto comem, enquanto penteiam o cabelo, e até enquanto usam o banheiro. Acham que isso dá demonstração de fervor espiritual. Assim, trivializam o que deveria ser considerado excepcional. Surge, então, uma curiosidade: Será que ela falou em línguas depois de gravar o clip em que diz ter beijado uma garota e gostado? Que tipo de espiritualidade dualista é esta em que os carismas se sobrepõem ao caráter?

Na mesma entrevista cedida à Rolling Stone, Katy Perry diz:
“Quando pequena, eu não podia dizer que eu tinha sorte, porque minha mãe preferia que disséssemos ‘somos abençoados’. Ela também não achava que lucky (sortuda, em inglês) tinha um som parecido com a palavra Lúcifer… Eu não podia comer o cereal Lucky Charms (amuletos da sorte), mas acho que era por causa do açúcar. Creio que minha mãe mentiu para mim sobre isso.”- Rolling Stone, agosto de 2010.
Fica claro que Katy viveu numa espécie de redoma. Os pais tentaram protegê-la ao extremo. Não podia isso, nem aquilo, nem aquilo outro. Imagine não poder comer um sucrilho só porque se chama “amuletos da sorte”? Veja o que ela diz em outra entrevista:
“Minha criação religiosa foi comicamente rígida, proibiram até mesmo de termos em casa qualquer coisa cujo nome remetesse ao diabo. Em nossa casa, não podíamos nem mesmo chamar ovos apimentados pelo seu nome popular. Ao invés de deviled eggs (ovos do demônio), tínhamos de chamá-los de “ovos angelicais”. Nunca fomos autorizados a falar palavrão. Eu sempre tinha problemas quando dizia “que inferno”… Só podíamos escutar música gospel. Não admira que eu me rebelei.”- Celebrity Blend, 2009
Eis a possível razão porque Katy saiu de um extremo a outro. Talvez se seus pais a houvessem criado com um pouco mais de equilíbrio, de visão crítica das coisas em vez de meras proibições, de diálogo em vez de imposições, ela ainda estaria cantando louvores, ou mesmo que desenvolvesse uma carreira secular, não estaria encarnando valores tão ofensivos à moral cristã. Vale a pena conferir o que ela diz mais sobre isso:
“Fui criada numa casa com muita rigidez religiosa. Tudo o que podia ouvir eram [hinos religiosos conhecidos, como] ‘Oh Happy Day,’ ‘His Eye Is on the Sparrow’ e ‘Amazing Grace’. Então agora até o New Kids on the Block são novidades para mim. Eles tem músicas legais…” — MTV, 2008
“Não podíamos ouvir música secular em casa, pois era considerada coisa do diabo… Se eu queria levar amigas para casa, minha mãe queria saber se elas eram cristãs… Meus pais são assim. Eles são loucos! Eles são malucos mesmo!” — revista Blender, 2004
Excesso de proteção! Não estou acusando seus pais por sua rebelião. Eles bem que tentaram mantê-la nos trilhos. Ela é totalmente responsável por seus atos, mesmo porque não é mais uma adolescente, mas uma mulher de 25 anos. Entretanto, como pais, devemos avaliar a maneira como educamos nossos filhos, para que mais tarde se mantenham fiéis aos valores e princípios que lhes passamos. Nosso dever é prepará-los para o mundo. Afinal de contas, não podemos mantê-los na barra da saia da mamãe para sempre.

Mesmo protagonizando cenas picantes em seus clipes musicais, Katy Perry revela sentir-se chateada pela irreverência que outras estrelas pop demonstram para com a fé cristã e sua falta de temor a Deus.
“Fico chateada quando vejo Russell [Brand, ator e seu noivo], usando o nome do Senhor em vão e Lady Gaga colocar um rosário na boca. Acho que quando você mistura sexo e espiritualidade no mesmo recipiente e sacode bem, algo ruim acontece. Sim, eu disse que beijei uma garota. Mas não disse que beijei uma garota enquanto transava com um crucifixo.” Rolling Stone, agosto de 2010
Penso que este foi o jeito que ela arrumou para se justificar. Apontando os erros alheios, ela parece safar-se de seus próprios erros, ou, no mínimo, atenuá-los. Será que ela pensa em voltar a “louvar ao Senhor” um dia? Será que em algum momento sua consciência lhe tira a tranquilidade, e na calada da noite, ela se entrega ao pranto e ao arrependimento?

Espero que alguém já tenha lhe falado sobre outras estrelas pop que abandoram sua fé e pagaram um preço muito alto por isso. Elvis Presley é o maior exemplo disso. Em sua vida privada, tinha o costume de reunir os amigos para cantar velhos hinos, sendo muitas vezes interrompido pelas lágrimas. Um exemplo mais recente é o da diva Whitney Houston, que depois de escapar da morte por diversas vezes por causa das drogas, lançou recentemente um novo álbum em que louva a Deus em uma de suas faixas, agradecendo por haver sido resgatada.

Britney Spears, a primeira desta leva de estrelas destinadas ao público teen, alcançou o estrelato enquanto gravava vídeos extremamentos sensuais e defendia ao mesmo tempo a manutenção da virgindade até o casamento. Pra quem não sabe, ela também teve criação cristã tradicional. Depois de um tempo posando de santa na vida privada e de insana na vida artística, estrambelhou de vez, chegando às raias da loucura. Temo que outros artistas como os Jonas Brother’s e Miley Cyrus tenham destino semelhantes. Ambos de famílias cristãs conservadoras. Os irmãos Jonas parecem manter ainda certa conduta mais compatível com a criação que recebram. Mas Miley Cyrus dá sinais de que abandonou o estilo ingênuo adotado enquanto protagonizava o seriado “Hannah Motana”, aderindo precocemente à perfomance sexy que pode ser conferida no clip de sua música “Can’t Tamed”.

Muitos dos maiores ícones da músca pop americana são egressos de igrejas cristãs. Elvis mesmo foi descoberto enquanto cantava em um culto ao ar livre. Particularmente, não vejo qualquer problema em um cristão desenvolver uma carreira musical secular. O problema é que os pais cristãos não estão preparando seus filhos para o mundo. Preferem mantê-los no gueto, na redoma. E quando descobrem o mundo, ficam encantados, entregando-se sem reservas.

Repare no Katy Perry diz sobre isso:
“Quando comecei a cantar música gospel, minha perspectiva das coisas era bem limitada e rígida. Tudo em minha vida estava muito ligado à igreja. Não sabia que existia um outro mundo além daquele. Por isso, quando saí de casa e vi tudo isso, pensei ‘Meu deus, caí no buraco do coelho branco e existe todo esse mundo de Alice no país das maravilhas aqui.’ ” — revista The Scotsman, 2009
É claro que o mundo não é essas mil maravilhas. Talvez Katy Perry ainda não tenha se dado conta disso. Um dia ela vai acordar e descobrir que tudo não passava de uma ilusão. Espero que haja tempo para voltar aos braços do Pai. Quem sabe ela use sua carreira musical secular para despertar os jovens para valores que estão muito acima da fama, do dinheiro e do sexo.

ANTES



DEPOIS

Jonas Brothers - Love is on It's way

9 de agosto de 2010

Guardian - Power of Love



Velho para caramba, mas muito melhor do que as musicas de hoje.

23 de julho de 2010

So Small - Carrie Underwood



Porque quando paramos de olhar apenas para o problema ele se torna pequeno.

16 de julho de 2010

...Aceite o Amor...

O Seu amor me faz esquecer quem eu tenho sido, e me mostra quem eu sou em Cristo!

Ultimamente tenho ouvido muito sobre o amor de Deus por mim e o que Ele é capaz de fazer, parece estranho, mas é um amor tão misterioso que sou incapaz de entende-lo e se tentarmos imagina-lo com a razao nos tornaremos duros de alma e espirito, rudes e irredutiveis. Diante desse Amor só consigo parar o que estou fazendo e só posso parar de fingir que não mereço um amor que eu já tenho.
Às vezes em nossa mente pensamos no quanto esse amor é estranho, afinal dar a vida por alguem que nem existia ainda, como pode um amor nos fazer esquecer quem fomos, quem somos, que nos aceita como somos.

O que tenho aprendido é a aceitar esse amor, não adianta lutarmos contra ele, é um amor incondicional que nos arrebata e nos tranforma a medida que aceitamos Ele em nós.

Não vou falar muito disso porque o amor Dele por nós é muito mais do que palavras podem dizer, mas minhas ultimas palavras a você, caro leitor, (rsrs), pare hoje, reserve um momento desse dia e se pergunte se você tem rejeitado o amor Dele por você, se pergunte se você tem falado a si mesmo que não merece um amor que na verdade você já tem. Esse amor misterioso de Deus nos constrange, nos muda, nos assusta muitas vezes, nos dá medo, mas sabe de uma coisa, aceitar o amor Dele por nós a cada dia nos faz melhores, não perfeitos, mas melhores, o amor Dele não é desculpa para escondermos nossos pecados, mas o amor Dele é a razao de mudarmos, porque você já parou para pensar quem mais no mundo merece nosso amor e nossa aceitação do que Ele.

Não mereça o amor de Deus, apenas o aceite.

Paremos de fugir desse amor e aprendamos a aceitar-lo.


6 de julho de 2010

Milho de Pipoca - Rubem Alvez

A transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação por que devem passar os homens para que eles venham a ser quem devem ser.

O milho da pipoca não é o que deve ser. Ele dever ser aquilo que acontece depois do estouro.

O milho da pipoca somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer.
Pelo poder do fogo podemos, repentinamente, nos transformar em outra coisa.
Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo.

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho de pipoca para sempre.

Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito a vida inteira.
São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosas. Só que elas não percebem. Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo.

O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos. Dor.
Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, ficar doente, perder o emprego, ficar pobre.
Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão - sofrimentos cujas causas ignoramos. Há sempre o recurso do remédio. Apagar o fogo. Sem fogo o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro ficando cada vez mais quente pensa que sua hora chegou: vai morrer.

Dentro de sua casca dura, fechada em si mesmo. Ela não pode imaginar destino diferente. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada.
A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece:

PUM! - e ela aparece como outra coisa completamente diferente que ela mesma nunca havia sonhado.

Bom, mas ainda temos o piruá que é o milho de pipoca que se recusa estourar.
São aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente se recusam a mudar.
Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.
A sua presunção e o medo são a dura casca de milho que não estoura.
O destino delas é triste. Ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca e macia. Não vão dar alegria para ninguém. Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás que não servem para nada.
Seu destino é o lixo...

26 de junho de 2010

O poder da música no cerebro!

Nós nem imaginamos o que o poder da música, uma boa musica, pode nos causar, veja só essa reportagem da Menhealth's

Para pegar no sono: Você tem dificuldae para dormir? Depois desta, nunca mais. "As músicas suaves tem menos variações, o que estimula o sono, explicao professor João Gabriel Marques Fonseca. " A repetitividade e a falta de contraste na intensidade das melodias mais leves evocam respostas motoras diferentes daquelas produzidas por músicas de intensidade maior, como o samba, cujo intuito é animar e excitar", completa.

Para Desacelerar: Pode não ter sido um dia de intensa atividade intelectual, mas baixar a bola e desaquecer após o treino é um importante periodo de reflexão - ajuda até a lembrar das tarefas do dia seguinte. Uma pesquisa da Universidade de Tsukuba (japão) descobriu que ouvir Mozart reduz a pressão sanguinea e aumenta a liberação de dopamina np cerebro, o que estimula a serenidade e a clareza mental.

Quando o nivel de estresse estiver lá em cima: Um estudo feito com mil jovens ingleses, com QI acima da média, mostrou que o Heavy Metal ajuda a lidar com o estresse. Segundo os especialistas, pessoas superdotadas usam a musica para expurgar a negatividade.

Para relaxar: Escolha bem o disco para fechar com chave de ouro um dia ruim e estressante. "A canção é um genero que reside entre a musica e a poesia. Esse estilo musicas nos leva a reflexão, ao autoconhecimento e evoca o componente de memoria, que altera o cerebro e nos emociona", explica o professor de neurofisiologia da musica Joao Gabriel Marques Fonseca, da UFMG.

Para ler ou revisar um texto: Diante de letras miudas? Puxe o menu "classicos" do seu Ipod. Em um estudo da Universidade de Washington (EUA), pessoas que ouviam musica classica por 30 min enquanto editavam um manuscrito aumentaram a precisão em 21%.

Para cumprir um prazo: Tranforme um trabalho chato em uma odisseia de funk-rock e voc
ê vai termina-lo mais rapidamente. Psicologos da Universidade Glasgow Caledonian (Escocia) descobriram que musicas com base de guitarramelhoram a concentração e reforçam a memoria.

17 de junho de 2010

Carta aberta aos Jovens

Foram quase dez milhões de exemplares nesta década no pais e , se cada exemplar é lido por mais três a cinco pessoas, há um numero maior de leitores. Sou um eterno aprendiz, não me sinto merecedor desse sucesso. Mas, diante dele, gostaria de fazer um apelo intelectual, em especial aos jovens, em todos os países onde este livro for publicado: precisamos ler mais. Já sabemos da importância dos livros para a formação do ser humano, mas precisamos também ter convicção da importância da imprensa.

Estou particularmente preocupado com o futuro dos jornais. Em muitas nações, ele tem perdido espaço na era da internet. Alguns talvez não sobrevivam, o que poderá trazer grandes conseqüências. A necessidade de novos leitores é vital. Explico-me.

A herança que estamos deixando para as gerações futuras é péssima. Nas próximas décadas ocorrerão cada vez mais catástrofes naturais devido ao aquecimento global. Disputas internacionais, aumentos excessivos do preço do petróleo, dos alimentos e outros produtos básicos. Um barril de água poderá valer tanto ou mais que um barril de petróleo. A questão não é se vão acontecer esses fenômenos, mas quando e com que intensidade. Se num determinado momento toda a população mundial entrar no padrão de consumo da classe media, provavelmente será preciso outro planeta Terra para atender as necessidades. A conta não fecha. É preciso um desenvolvimento sustentável que preserve as próximas gerações. Na realidade, somos hospedes e não proprietários deste belo planeta azul.

Como preparar a juventude para os graves problemas que enfrentara? Como equipa=La para minimizar as loucuras que nós adultos temos cometido? Os livros e as escolas são fundamentais nessa formação? Sim! Mas eles não conseguem acompanhar na plenitude as rápidas mudanças do mundo globalizado: econômicas, políticas, nos conflitos internacionais, na política ambiental, novas tecnologias. Num mundo globalizado, com problemas globais e mudanças rápidas, é necessário atualizar o conhecimento freqüentemente. Nesse aspecto, os jornais diários e as revistas informativas são insubstituíveis.

O conhecimento é a única ferramenta que nos retira da condição de servos do sistema social e nos torna autores da historia, pelo menos da nossa historia. Em minha opinião, os jovens de hoje e do futuro não poderão ser repetidores de idéias, mas pensadores. Precisarão se nutrir com um cardápio de conhecimento para desenvolver a consciência critica, a solidariedade, o altruísmo, a capacidade de pensar antes de reagir, de pensar a longo prazo, de expor e não impor idéias, de se colocar no lugar dos outros, de respeitar as diferenças e ser um consumidor responsável. Precisarão libertar a criatividade para dar respostas inteligentes aos graves problemas que hoje se desenham. Precisarão se tornar seres humanos sem fronteiras, capazes de pensar na família humana e não apenas no solo em que seus pés pisam. O corpo de conhecimento oferecido pelos grandes jornais, embora necessite ser completado, pode contribuir para esse desenvolvimento.

Quem dera nas escolas de ensino médio e universitário lessem, debatessem e assimilassem temas relevantes levantados e discorridos pela imprensa. Espero que os jovens, bem como os adultos, descubram cada vez mais o prazer de folhear um jornal. É um ritual mágico.

Um brinde a liberdade de imprensa e a expressão do pensamento. Um brinde aos futuros lideres que sonham e batalham por um mundo melhor.

AUGUSTO CURY

22 de maio de 2010

Augusto Cury

"Ele não queria seguidores cegos. Queria pensadores que pudessem amar a vida e transformar a sociedade. Não controlava ninguém, nem usava os seus milagres para chantagear. Quando fazia milagres, dizia: “Não contem a ninguém”. E quando queria que o seguissem, convidava: “Quem tem sede venha a mim e beba”. Nunca na história alguém tão grande se fez tão pequeno, para tornar os pequenos grandes." - [Augusto Cury]

19 de maio de 2010

O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL

Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado.
Só existe uma companhia telefônica e pasmem!: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.

Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de 'Como conquistar o Cliente'.

Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.

Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa.

Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc... Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar suas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:

1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.

2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.

3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.

4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.

5.. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.

6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.

7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.

8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.

Na telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas.

10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO- 9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.

11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

1. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?

2. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?

3. Que suas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?

4. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?

5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?

6. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?

7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?

Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando.

É! O Brasil é um país abençoado de fato.
Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os credos.

Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques.
Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente.
Bendita seja, querida pátria chamada
Brasil!!
O filho roqueiro, de um pastor da igreja, está prestes a completar 18 anos.

Louco pra dirigir, o rapaz resolve pedir o carro emprestado ao pai. Depois de pensar um pouco, o pastor responde:

- Filho, vamos fazer o seguinte: - você melhora suas notas na escola, estuda a Bíblia todos os dias e corta esse cabelo.
E aí voltamos a conversar. Um mês depois, o rapaz volta a perguntar ao pai se pode usar o carro.

- Filho, eu estou realmente orgulhoso: - você dobrou suas notas na escola e estudou bem a Bíblia. Mas não cortou o cabelo!
E como fica o nosso trato ???

- Papai, lendo a Bíblia, eu fiquei intrigado - responde o filho - Sansão usava cabelos longos, Noé também.
Até Jesus tinha cabelos compridos !!! E todos eram boas pessoas !!! E o pai:

- É verdade meu filho.... e, olha que coisa.... TODOS ELES ANDAVAM A PÉ...

17 de maio de 2010

Insubstituivel!!!

Compartilho com vocês, amigos insubstituíveis...

Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores. Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: "ninguém é insubstituível". A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio. Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada. De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:

- Alguma pergunta?
- Tenho sim.
- E Beethoven ?
- Como? - o encara o diretor confuso.
- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?
Silêncio.....
O funcionário fala então:
- Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso. Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar.
Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? etc...
Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim insubstituíveis.
Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa.
Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus 'erros/ deficiências' .
Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico ...
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.
Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.
Se seu gerente/coordenador , ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder/ técnico, que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria perdido todos esses talentos.
Seguindo este raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos não haveria montanha, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados . . . apenas peças.

Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões 'foi pra outras moradas'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: "Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos:... . Ninguém ... pois nosso Zaca é insubstituível"


Portanto nunca esqueça: Você é um talento único... com toda certeza ninguém te substituirá!


"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."

"No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é..., e outras..., que vão te odiar pelo mesmo motivo..., acostume-se a isso..., com muita paz de espírito. ..".

É bom para refletir e se valorizar!

8 de maio de 2010

17 de abril de 2010

Menina cala a ONU



Se na época deste video ela fala desta forma, imagina como falariamos hoje.

Rob Bell - Ressureição



Não é o fim, é só o começo.

13 de abril de 2010

você é hands on?

Você é Hands on?- Max Gehringer (Colunista Revista EXAME)

Vi um anúncio de emprego. A vaga era de gestor de atendimento interno, nome que agora se dá à seção de serviços gerais. E a empresa exigia que os interessados possuíssem - sem contar a formação superior - liderança, criatividade, energia, ambição, conhecimentos de informática, fluência em inglês e não bastasse tudo isso, ainda fossem hands on. Para o felizardo que conseguisse convencer o entrevistador de que possuía essa variada gama de habilidades, o salário era um assombro: 800 reais. Ou seja, um pitico. Não que esse fosse algum exemplo fora da realidade. Pelo contrário, é quase o paradigma dos anúncios de emprego. A abundância de candidatos permite que as empresas levantem cada vez mais a altura da barra que o postulante terá de saltar para ser admitido.

E muitos, de fato, saltam. E se empolgam. E aí vêm as agruras da super-qualificação, que é uma espécie do lado avesso do efeito pitico...
Vamos supor que, após uma duríssima competição com outros candidatos tão bem preparados quanto ela, a Fabiana conseguisse ser admitida como gestora de atendimento interno. E um de seus primeiros clientes fosse o seu Borges Gerente da Contabilidade.

* Fabiana, eu quero três cópias deste relatório.

* In a hurry!

* Saúde.

* Não, isso quer dizer "bem rapidinho". É que eu tenho fluência em inglês. Aliás, desculpe perguntar, mas por que a empresa exige fluência em inglês se aqui só se fala português?

* E eu sei lá? Dá para você tirar logo as cópias?

* O senhor não prefere que eu digitalize o relatório? Porque eu tenho profundos conhecimentos de informática.

* Não, não. Cópias normais mesmo.

* Certo. Mas eu não poderia deixar de mencionar minha criatividade. Eu já comecei a desenvolver um projeto pessoal visando eliminar 30% das cópias que tiramos.

* Fabiana, desse jeito não vai dar!

* E eu não sei? Preciso urgentemente de uma auxiliar.

* Como assim?

* É que eu sou líder, e não tenho ninguém para liderar. E considero isso um desperdício do meu potencial energético.

* Olha, neste momento, eu só preciso das três có...

* Com certeza. Mas antes vamos discutir meu futuro...

* Futuro? Que futuro?

* É que eu sou ambiciosa. Já faz dois dias que eu estou aqui e ainda não aconteceu nada.

* Fabiana, eu estou aqui há 18 anos e também não me aconteceu nada!

* Sei. Mas o senhor é hands on?

* Hã?

* Hands on.. Mão na massa.

* Claro que sou!

* Então o senhor mesmo tira as cópias. E agora com licença que eu vou sair por aí explorando minhas potencialidades. Foi o que me prometeram quando eu fui contratada.


Então, o mercado de trabalho está ficando dividido em duas facções:

1 - Uma, cada vez maior, é a dos que não conseguem boas vagas porque não têm as qualificações requeridas.

2 - E o outro grupo, pequeno, mas crescente, é o dos que são admitidos porque possuem todas as competências exigidas nos anúncios, mas não poderão usar nem metade delas, porque, no fundo, a função não precisava delas.

Alguém ponderará - com justa razão - que a empresa está de olho no longo prazo: sendo portador de tantos talentos, o funcionário poderá ir sendo preparado para assumir responsabilidades cada vez maiores. Em um a empresa em que trabalhei, nós caímos nessa armadilha. Admitimos um montão de gente superqualificada. E as conversas ficaram de tão alto nível que um visitante desavisado confundiria nossa salinha do café com a Fundação Alfred Nobel.

Pessoas superqualificadas não resolvem simples problemas!

Um dia um grupo de marketing e finanças foi visitar uma de nossas Fábricas e no meio da estrada, a van da empresa pifou. Como isso foi antes do advento do milagre do celular, o jeito era confiar no especialista, o Cleto, motorista da van.

E aí todos descobriram que o Cleto falava inglês, tinha informática e energia e criatividade e estava fazendo pós-graduação. Só que não sabia nem abrir o capô. Duas horas depois, quando o pessoal ainda estava tentando destrinchar o manual do proprietário, passou um sujeito de bicicleta. Para horror de todos ele falava "nóis vai" e coisas do gênero. Mas, em 2 minutos, para espanto geral, botou a van para funcionar. Deram-lhe uns trocados, e ele foi embora feliz da vida.

10 de abril de 2010

Ponto de equilibrio



É interessante pensar em como nossa vida é. Temos que manter tudo em ordem, temos que: estudar, se relacionar com as pessoas, ter uma vida espiritual viva, trabalhar nas atuvidades profissionais, familia, namorar, finanças e muitas coisas mais. Ultimamente tenho sentido uma grande dificuldade em fazer com que tudo ande de forma sincronizada, achar o meu ponto de equilibrio.

Quando comecei a estudar a Biblia de verdade essa semana e tambem a lerum livro chamado "Repintando a Igreja" comecei a entender quem é o meu ponto de equilibrio e o que Ele faz comigo.

Em Matematica é muito facil achar o ponto de equilibrio, há varias formulas para isso e é só fazer um calculo mirabolante e ai está o resultado, na vida não temos formulas, não temos calculos, não temos manuais de intrução, na vida temos apenas uma pessoa que pode nos ajudar a acharnosso ponto de equilibrio: Jesus.

É engraçado como entregando a Ele as coisas parecem mais faceis. Ele começa a curar as partes mais dificil de nossas vidas. Algointeressante que li neste livro ontem é que para Jesus curar a minha alma e reestabelecer meu ponto de equilibrio, eu tenho de encarar de frente o meu lixo. Às vezes precisamos interromper o nosso jogo, vermos o que realmente estamos fazendo, encarar nosso lixo, e ai sim Jesus irá curar e nos dar força para seguir em frente.
Normalmente nós impurramos alguma area de nossa vida com a barriga e sentimos que tudo está uma bagunça, as vezes está mesmo porque você ainda não se permitiu parar e rever seus conceitos e reorganizar.

Jesus veio para nos reconectar com o Pai, a Bíblia fala que tudo quepedirmos ao Pai em nome Dele nos seria dado, porém temosque antes de pedir algo a Jesus temos que parar para pensar se realmente Ele tem sido nosso ponto de equilibrio. Encontrar nosso ponto de equilibrio entre todas as coisas da nossa vida nada mais é que deixar Jesus no centro de totas as coisas, deixar que Ele nos guie e nos faça compreender a realidade que vivemos deuma forma mais ampla e saudavel.

Uma coisa que aprendi muito lendo esse livro foi que Jesus a cada dia me chama para pular na cama elastica da vida, sentir emoçoes, viver intensamente, estudar-Lo, vive-Lo em mim e perceber que Ele está em todos os lugares, eu não carrego Ele comigo como um adorno, Ele está vivo em tudo a minha volta e tudo o que Ele deseja é que eu seja o mais proximo do que Deus me criou para ser. Essa busca incansavel, quanto mais proximo eu fico disso mais a minha vida se organiza, paro de me preocupar com coisas que não há necessidade.

Conclusão de tudo isso: Quando você deixa Jesus ser seu ponto de equilibrio você encontra a paz que tanto procurou, no livro fala algo muito interessante que vou escrever para vocês:

"Muitos de nós entendem paz como a ausencia de conflito. Falamos de paz no lar, paz mundial, ou de dar uma chance à paz. Mas a compreensão hebraica de shalom é muito mais que apenas a ausencia de conflito ou briga. Shalom é a presença da bondade de Deus. É a presença da inteireza, completude de Deus"

3 de abril de 2010

Você acha que ajuda as pessoas o suficiente?



Tradução da legenda:

-Minha irmã era uma animadora de torcida, ela tinha as melhores qualificações na escola.

-Minha linda filha, ela pensa que é gorda.

-Eu sentia que estava morrendo por dentro e ninguém se dava conta. Pensei que ninguém me entendia.

-Cada dia tinha desejos de morrer.Sentia como que se não fizesse parte de nenhum lugar.

- KIM BROWNIE
- Eu queria morrer, minha mãe estava ensinando em Los Angeles, nunca conheci meu Pai.Meu avós decidiram pegar minha custodia.

-MONICA LAPLANTE
- Meu Pai escapava dos cultos da igreja para injetar heroina. Deu não era real para mim.

- KIM BROWNIE
- Meus Tios não cuidavam de mim.Não havia um dia que passava em que não era rejeitada, violencia ao redor, tua mãe não te queria e esa foi a razão pela qual teve que permanecer conosco.
Estava cansada de sertir=me como se eu fosse só um acidente.

-MONICA LAPLANTE
- Meu pai me deu a primeira linha de cocaina, se converteo em um homem muito mal e malvado. Ele abusou sexualmente de minha irmã em varias ocasioes.
E tratou de abusar de mim.

- KIM BROWNIE
- Quando eu tinha doze anos, minhas tias me venderam a um homem que vivia em frente a nossa casa. Comecei a me cortar

-MONICA LAPLANTE
- Cocaina

- KIM BROWNIE
- Tomei superdoses

-MONICA LAPLANTE
- Extasis

- KIM BROWNIE
- Bebi cloro

-MONICA LAPLANTE
- Metanfetamina, Aí é quando comecei a ter pensamentos suicidas.

- KIM BROWNIE
- Eu preferia estar morta.

-MONICA LAPLANTE
- O que eu disse foi: "Deus, se Tu desejas que eu viva, Tu terás que fazer porque eu não posso fazer. Eu não tenho a força para isso por mim mesma.

- KIM BROWNIE.
- Clamei a Deus e disse: "Deus, si Tu não permitir que morra então tem que me ajudar".
No dia seguinte foi quando vi a Nancy no programa TBN con Cece Winans.

- NANCY
- Quando se torna um patrocinador do Mercy Ministries, você literalmente está fazendo a diferença entre a vida e a morte.

-MONICA LAPLANTE
- O grandioso sobre o Mercy Ministriesé que podes ingressas com um coportamento horrivel, mas ainda assim te amam, pois tratam de transmitir o amor de Deus.

- KIM BROWNIE
- Foi dificil porque tive que enfrentar meus problemas.

- NANCY
- Tratamos com problemas como disturbios alimenticios, abusos sexuais, meninas com pensamentos suicidas, lutando contra a depressão, embaraços não desejados. Quase qualquer problema que pode imaginar.
A maioria das pessoas que escutam do Mercy Ministries ficam muito impressionadas.Antes de tudo porque há um lugar aonde mulheres jovens poder vir de graça.
E eu os digo que nossos patrocinadores são maravilhosos e oramospara que cada dia sejam mais os que nos apoiam. Eles tornam possivel que essas jovens possam ser literalmente arrancadas da morte e ter a vida pela qual Cristo morreu.

- KIM BROWNIE
Penso que o Mercy foi diferente porque graças asua paciencia e o consentimento não me deixaram.

-MONICA LAPLANTE
- Mercy deseja que as meninas se sintam como se estivesse no melhor do melhor. Um lugar bonito.As mobilias são lindas. Nos alimentamos com a melhor comida. Desejam que estejamos saudaveis.

- NANCY
O motivo pelo o qual aceitamos meninas de forma gratuita é por duas razoes. Uma é porque muitas delas nopoderiam conseguir a ajuda que precisam se tivessem que pagar e também precisam saber que não estamos tratando de fazer dinheiro de seus problemas e simq ue verdadeiramente elas nos importam.
Mercy existe em varuios lugares: Estados Unidos, Nova zelandia, Reino Unido, Canadá, E tambem estamos começando em outras nações.

-MONICA LAPLANTE
- Eu penso que as melhores lições que aprendi no Mercy foi que: Eu não sou má, e que tenho uma esprança. Sabe?. Eu não tinha esperança antes. Queria morrer.

- KIM BROWNIE
- Penso que foi uma revelação em que Deus colocou sua mão...Perdão...
O que eu atravesei não foi em vão. Sinto que Deus teve um proposito e um plano com as coisas que passei. E que eu não fui um acidente. Fui predestinada.

- NANCY
- Por causa do exito, nossa lista de espera está crescendo. Temos mulheres que estão morrendo enquanto estão em nossa lista de espera.
Peço que você ore e nos dê seu apoio.

- KIM BROWNIE
- Mercy não é um lugar tipico. Verás vidas mudadas, a esperança renovada. Você verá isso. Creio que sou um testeminho vivo disto.
Creio que sou.